Papa homenageia médicos e padres vítimas da Covid-19

Por Ansa

papa Francisco prestou neste domingo (3) uma homenagem a todos os médicos e padres que perderam a vida em decorrência do novo coronavírus (Sars-CoV-2) enquanto tentavam ajudar os pacientes infectados pela Covid-19.

Durante a celebração do "Bom Pastor", na missa na Casa Santa Marta, no Vaticano, o Pontífice lembrou que, somente na Itália, mais de 100 padres morreram. "Penso em muitos pastores do mundo, que dão suas vidas pelos fiéis", disse.

Ao dizer que o exercício da medicina também é uma forma de cuidar da população e ser "um pastor", Francisco pediu para os fiéis ficarem "cientes de que só na Itália 154 médicos morreram no ato do serviço".

"Que o exemplo desses párocos e pastores médicos nos ajude a cuidar do santo povo fiel de Deus", apelou o argentino.

Em sua homilia, Jorge Bergoglio também explicou que "na história da Igreja houve muitos falsos pastores que se aproveitaram, exploraram o rebanho". "Eles não estavam interessados no rebanho. Eles só estavam interessados em fazer carreira, política, dinheiro", alertou.

Por fim, o líder da Igreja Católica fez uma oração pelos pacientes contaminados com o novo coronavírus, que assistem e incentivam à colaboração internacional que está ocorrendo para encontrar vacinas e tratamentos. "É importante, de fato, reunir as habilidades científicas, de forma transparente e desinteressada".

O Papa, então, fez um apelo para que o "acesso universal a tecnologias essenciais que permitam a todas as pessoas infectadas, em todas as partes do mundo, receber os cuidados de saúde necessários"

Loading...
Revisa el siguiente artículo