Isolamento social de 46% em SP é o mais baixo da quarentena

Por Metro Jornal com BandNews FM

O isolamento social no estado de São Paulo cai mais uma vez e atinge o menor índice desde o início da quarentena, que começou no final de março. A medida foi decretada como forma de controlar o contágio pelo novo coronavírus e evitar um colapso no sistema de saúde.

Segundo o monitoramento do governo estadual, a taxa passou de 47% na quarta-feira (29) para 46% na quinta-feira (30). O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), tem ressaltado de forma frequente que as mudanças nas restrições só poderão ser tomadas caso o isolamento supere os 60%.

Veja também:
Coronavírus: Brasil chega a 6.329 mortes e 91.589 casos confirmados
Prefeitura de SP vai fazer exames de coronavírus por ‘drive-thru’

Na capital paulista, de acordo com o levantamento, o índice de isolamento social é de 47%. Na quinta, o prefeito Bruno Covas (PSDB) afirmou que a quarentena no município deve ser prorrogada, uma vez que o aumento de casos e mortes foi mais expressivo na última semana e menos pessoas estão ficando em casa.

No último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na tarde desta sexta-feira (1º), o estado de São Paulo aparece com 2.511 óbitos e 30.374 diagnosticados com covid-19. A Grande São Paulo tem 85% dos leitos de UTI (unidade de terapia intensiva) ocupados.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo