Grande São Paulo tem 85% dos leitos de UTI ocupados

Por BandNews FM

O presidente do COSEMS/SP (Conselho de Secretários Municipais de Saúde do estado de São Paulo), Geraldo Reple, reafirma que a ocupação em leitos hospitalares acima de 80% é bastante preocupante.

Na quinta-feira (30), o índice de lotação de UTIs (unidades de terapia intensiva) chegou a 68,7% no estado e 85,1% na Grande São Paulo. Por causa da alta demanda na capital e região metropolitana, o governo estadual vai transferir pacientes com coronavírus para hospitais do interior já a partir deste fim de semana.

Veja também:
Procon aciona polícia contra apps por golpe de entregadores
Como supermercados se prepararam para atender o público na quarentena

Em entrevista à rádio BandNews FM, Reple, que também é secretário de Saúde de São Bernardo do Campo, voltou a pedir que a população fique em casa. Ele ainda garantiu que as transferências para hospitais do interior serão feitas com total cuidado.

Geraldo Reple comentou ainda sobre a situação do coronavírus na Baixada Santista. Somente na cidade de Santos, são 52 mortes, mais de 600 casos confirmados e 127 pacientes recuperados. O médico explica que o município vem fazendo um trabalho para mapear os casos de covid-19 na população por meio de um teste rápido.

Até domingo, cerca de 2.500 pessoas, escolhidas aleatoriamente, vão passar por um teste que permite saber se houve contato com o coronavírus por meio da identificação de anticorpos. As próximas três etapas seguem o mesmo protocolo, com intervalo de 15 dias entre si. Em um período de dois meses, 10 mil pessoas serão testadas na Baixada Santista.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo