STF autoriza inquérito para investigar acusações de Moro contra Bolsonaro

Por Metro com Rádio Bandeirantes

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello autorizou nesta segunda-feira (27) a abertura de inquérito para apurar acusações do ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, contra o presidente Jair Bolsonaro.

Ao deixar o governo na última sexta-feira (24), Moro afirmou que o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir em inquéritos da Polícia Federal por interesse próprio. Segundo o ex-ministro, o presidente decidiu trocar a direção-geral da PF porque gostaria de ter acesso a informações.

Veja também:
Bolsonaro nomeia André Mendonça na Justiça e Alexandre Ramagem na PF
Taxa de isolamento social em SP foi 58% no domingo; governo quer 70%

Celso de Mello foi sorteado como relator. O pedido de abertura de inquérito para investigar as declarações de Moro foi encaminhado na sexta pelo procurador-geral da República, Augusto Aras.

Nesta segunda, de acordo com agenda oficial da Presidência da República, Aras se reuniu no Palácio do Planalto com Bolsonaro, com o ministro da Casa Civil general Walter Braga Netto e com o advogado geral da União, André Luiz de Almeida, nomeado para assumir o lugar de Moro no Ministério da Justiça.

Loading...
Revisa el siguiente artículo