Auxílio emergencial tem reclamações de demora e dificuldade para sacar o dinheiro

Por Rádio Bandeirantes

Centenas de pessoas continuam reclamando de dificuldades para receber o auxílio emergencial de R$ 600. Usuários do aplicativo afirmam que não tiveram resposta sobre o benefício ou que não conseguem sacar o dinheiro.

Eliane Alves é costureira, em Toritama, cidade do interior de Pernambuco. Sozinha, ela sustenta uma casa que, além dela, inclui quatro filhos: um de 16, outro de 13, um de 12 e um de seis anos de idade. Desde o começo da pandemia de coronavírus, a fonte de renda secou e a esperança era conseguir a ajuda prometida pelo governo federal. Ela afirma que, quando tenta abrir o aplicativo Caixa TEM, a resposta é uma só: aguardar – e sem previsão de resposta.

Veja também:
PDT entra com mandato de segurança para impedir posse de Ramagem na PF
Governo de SP vai tornar obrigatório uso de máscara no transporte público

Uma funcionária da Caixa Econômica Federal, que prefere não ter o nome revelado, diz que muita gente vai até a agência para fazer o saque sem saber que precisa gerar um código token online para efetuar a retirada do dinheiro. Como muitos não sabem disso, vão até o banco só com o documento de identidade, sem celular e sem conexão com a internet. No Rio de Janeiro, as filas para acessar as agências da Caixa Econômica Federal, assim como em todo o País, dobravam quarteirões.

O vendedor autônomo Carlos Roberto Neves chegou a entrar na unidade de São Gonçalo, Região Metropolitana, na tarde desta segunda-feira (27), mas não conseguiu sacar o dinheiro. Para o taxista Jeferson dos Santos, o auxílio ainda não é suficiente para suprir o prejuízo do último mês por causa da diminuição no número de corridas na cidade.

No Amazonas, os manauaras denunciam que há pessoas vendendo a senha e o lugar na fila, com valores que variam entre R$ 20,00 e R$ 90,00 reais. Além das longas filas, muitos ainda não conseguiram acessar o benefício ou transferir e acessar pelo aplicativo.

Os saques do auxílio emergencial começaram nesta segunda em agências da Caixa Econômica Federal e em lotéricas e vão até o dia 5 de maio. Já puderam retirar o dinheiro aqueles nascidos em janeiro e fevereiro. Nesta terça (28), podem sacar os valores os nascidos em março e abril.

Confira o calendário:

27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro

28 de abril – nascidos em março e abril

29 de abril – nascidos em maio e junho

30 de abril – nascidos julho e agosto

04 de maio – nascidos em setembro e outubro

05 de maio – nascidos em novembro e dezembro

Loading...
Revisa el siguiente artículo