Procon de SP tem aumento de 100% nas reclamações de vendas online

Por Band.com.br

O Procon de São Paulo teve um aumento de mais de 100% nas reclamações relacionadas às compras pela internet: no primeiro trimestre de 2019 foram 17.108 casos, já no mesmo período de 2020, 35.789. Atraso ou não entrega do produto, problemas com cobrança e produtos com defeitos estão entre os principais questionamentos.

“O comércio está preparado para vender, mas não está preparado para entregar. É inadmissível que neste momento de pandemia, em que as compras online são a única alternativa para as pessoas, as empresas causem tantos transtornos”, afirma Fernando Capez, secretário de defesa do consumidor, em nota publicada no Portal do Governo do estado de São Paulo. “O Procon SP, enquanto órgão de defesa do consumidor, irá multar as empresas que estão agindo em desacordo com a lei”, completa.

LEIA TAMBÉM:
Vídeo de voo em massa de pássaros nos EUA impressiona internautas e viraliza
Previsão do Tempo: São Paulo tem dia claro com temperatura estável nesta sexta

Crescimento dos casos
Em 2016 foram mais de 37 mil atendimentos; em 2017, mais de 39 mil; em 2018, mais de 41 mil e em 2019, mais de 78 mil. Ou seja, só o primeiro trimestre de 2020 (35.789) já soma quase a metade do número de reclamações do ano passado.

Além das reclamações acima, consumidores contestam também sobre problemas com contrato, pedido ou orçamento, serviço não fornecido, cancelamento da compra e entrega diferente do pedido.

Loading...
Revisa el siguiente artículo