Coronavírus: David Uip prevê salto nos números de casos e óbitos em São Paulo

Estado tem 17 mil exames na fila para confirmar diagnóstico de covid-19

Por Rádio Bandeirantes

Zerar a fila de exames de covid-19 é fundamental para que se crie uma estratégia dentro dos hospitais. De acordo com o médico infectologista David Uip, só com esses resultados será possível saber exatamente o índice de mortalidade da doença.

Em março, São Paulo superou o total de internados em todo o ano de 2019 por síndrome respiratória aguda, de acordo com a Fiocruz. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o coordenador do Centro de Contingência de Coronavírus no estado falou que os pacientes infectados ficam até três semanas internados.

Veja também:
São Paulo estuda acolher população de rua em hotéis durante a pandemia
Quatro são presos em Campinas por negociar venda ilegal de testes para coronavírus

Por isso, segundo David Uip, mesmo antes de atingir o pico de contaminação, o sistema de saúde de São Paulo já opera sob forte estresse. A estimativa da Secretaria de Estado da Saúde é que a fila de exames ainda sem resultado esteja em 17 mil.

David Uip afirma que, à medida que os testes ficarem prontos, haverá um salto do total de infectados e mortes relacionadas à covid-19. Na entrevista à Rádio Bandeirantes, ele reforçou a necessidade de manter o isolamento social para que as novas infecções cresçam em um ritmo menor.

Ouça à entrevista com David Uip no Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes:

Loading...
Revisa el siguiente artículo