Auxílio Emergencial: veja quem tem direito, regras e calendário de pagamentos

Governo separou os trabalhadores em três grupos para receber o pagamento do auxílio emergencial

Por BandNews FM

A primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 aos afetados pela pandemia do coronavírus será paga até o dia 14. As regras de acesso foram divulgadas nesta terça-feira (7) pela Caixa e pelo governo federal, que criaram um site e aplicativos para quem precisa se cadastrar.

Os trabalhadores foram divididos em três grupos: O primeiro são os autônomos ou microempreendedores individuais, que já contribuem para a Previdência. O segundo é formado pelos trabalhadores informais que não estão inscritos no Cadastro Único e que não pagam nenhuma contribuição para o INSS. Estes terão de fazer o cadastro obrigatório no aplicativo ou no site da Caixa e se enquadrar em alguns requisitos.

Veja também:
Cerca de 600 mil trabalhadores já se cadastraram para receber auxílio emergencial
Hospital de campanha no Pacaembu já tem 35% de ocupação

O terceiro grupo é formado pelos beneficiários do programa Bolsa Família, que não vão precisar baixar o aplicativo e não poderão acumular os benefícios. Somente as mães solteiras é que terão direito a receber o auxílio emergencial dobrado; para elas, o valor será de R$ 1.200.

A segunda parcela será paga entre 27 e 30 de abril e a terceira entre 26 e 29 de maio. Todos os links para os aplicativos e o site da Caixa podem ser encontrados nas nossas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

O anúncio foi feito pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo