Uber vai assumir ciclofaixas de lazer de São Paulo

Por Metro Jornal

A empresa de transportes em veículos particulares Uber irá assumir a gestão e promoção das ciclofaixas de lazer da cidade de São Paulo. O termo de cooperação com a SMT (Secretaria Municipal de Transportes) foi publicado nesta semana no Diário Oficial do município.

A implementação das ciclofaixas de lazer, que ocorriam aos domingos e feriados, foi suspensa em agosto do ano passado por falta de patrocínio – o sistema era viabilizado pelo banco Bradesco. Desde então, a prefeitura tentou fazer contratações em caráter emergencial, mas não avançou por afirmar as empresas não se adequavam às exigências.

Veja também:
Pedágios de SP distribuem adesivo de pagamento automático para caminhoneiros
SP faz força-tarefa para confirmar 201 mortes suspeitas por covid-19

Em fevereiro, a Uber apresentou uma carta de intenção para assumir os 117 quilômetros de ciclofaixas de lazer. A proposta foi aceita pela prefeitura. As datas e horários de implantação devem ser mantidos (domingos e feriados, das 7h às 16h).

Por causa da pandemia de coronavírus, porém, não há previsão para que as ciclofaixas de lazer voltem a operar na cidade de São Paulo. A prefeitura e a empresa devem aguardar o controle da disseminação da doença e o aval das agências de saúde para assinar o termo e retomar o projeto.

Loading...
Revisa el siguiente artículo