Polícia interdita fábrica clandestina de álcool gel falso na zona norte

Por Metro Jornal

Uma operação da Polícia Civil em uma fábrica clandestina na zona norte de São Paulo, na madrugada desta quinta-feira (2), terminou com um homem preso e 375 frascos falsificados de álcool gel apreendidos.

A casa onde o produto era fabricado ficava na região do Jaraguá e foi localizada após uma denúncia anônima, segundo a Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) de Osasco, na Grande São Paulo.

Veja também:
Hospital de campanha no Pacaembu recebe doentes na segunda
Covid-19 inspira cuidados com animais de estimação

Além dos frascos do falso álcool gel pronto, também foram encontrados 11 galões de 50 litros com um líquido não identificado, também utilizado para forjar produtos cosméticos, como gel de cabelo e shampoo.

O homem preso, de 33 anos, é dono do imóvel. De acordo com a denúncia, ele teria se aproveitado da pandemia de coronavírus para começar a falsificar o produto de higiene – cada frasco seria vendido por R$ 10.

Loading...
Revisa el siguiente artículo