SPTrans coloca mais ônibus nas ruas para reduzir aglomerações

Por Metro Jornal

O transporte público da cidade de São Paulo ainda tenta se ajustar para a demanda reduzida causada pela pandemia do coronavírus. Por mais que o número de passageiros tenha diminuído expressivamente, usuários que ainda precisam se locomover pela cidade no início da manhã reclamam do maior intervalo dos ônibus, causando lotações e filas em grandes terminais.

No início desta semana, a frota de coletivos da capital foi reduzida para apenas 40% do total – cerca de 5,4 mil dos 13,6 mil ônibus em circulação. Após reclamações, a SPTrans colocou mais 151 veículos nas ruas na terça-feira (31), sendo metade nos terminais Cachoeirinha, Santo Amaro, Grajaú e Jardim Ângela. Os outros 75 ônibus foram para 37 linhas que atendem as outras regiões da cidade.

O aumento pouco fez diferença aos passageiros, que seguiram relatando ônibus cheios e grandes esperas para embarques nos terminais da cidade. Nesta quarta (1º), a prefeitura aumentou novamente a frota, com mais 50 veículos circulando na capital. A SPTrans afirmou que está fazendo adaptações no sistema conforme a demanda.

Veja também:
Isolamento pode ter evitado até 120 mil mortes na Europa
Unidade de saúde com 200 leitos no Pacaembu será entregue nesta quarta

Loading...
Revisa el siguiente artículo