Busca por botijões de gás aumentam; seus preços também

Por Lucas Herrero - Rádio Bandeirantes

As vendas de botijões de gás aumentaram até 8% em todo o Brasil. O dado foi informado à Rádio Bandeirantes pelo Sindigás (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo).

Segundo o sindicato, o crescimento ocorre pela antecipação da compra por uma parcela da população, o que ocasionou um atraso na reposição do produto. Nossa reportagem ligou em distribuidoras de todas as regiões da cidade de São Paulo e, majoritariamente, há problemas de estoque.

Veja também:
Apresentador da Globo diagnosticado com covid-19 sai da UTI
PM prende gerente de UBS acusado de desviar vacinas contra gripe

Em alguns locais, as revendedoras estão fechadas ou tendo que encerrar os trabalhos ao meio-dia por causa da grande procura. A Rádio Bandeirantes também recebeu reclamações sobre preços abusivos, com aumento de até 50% no valor praticado habitualmente.

De acordo com o Sindigás, não houve recomendação para o aumento do preço do botijão. A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) complementa, reforçando que não vai haver desabastecimento de gás e que os problemas são pontuais.

Loading...
Revisa el siguiente artículo