Com quarentena, vendas de combustível despencam em São Paulo

Por Lucas Herrero - Rádio Bandeirantes

As vendas nos postos de combustíveis caíram cerca de 80% em São Paulo nos últimos dias após a intensificação do combate ao coronavírus. A informação é de José Alberto de Paiva Gouveia, presidente do Sincopetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado).

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, ele explicou que alguns postos na região do ABC estão fechados por causa da queda no comércio e outros, adequando-se a determinações de prefeituras locais.

Veja também:
Moradores da Grande SP reclamam de dificuldade para comprar botijão de gás
Bolsonaro volta a criticar medidas de isolamento contra coronavírus

Em nota, a administração de São Bernardo informa que o decreto publicado no último dia 22 restringe o horário de funcionamento dos postos e das lojas de conveniência durante o Estado de Emergência. A venda deve ocorrer de segunda a sábado, das 7h às 19h, sendo proibida aos domingos e feriados.

A medida também foi tomada pelas cidades de Santo André e Diadema, diferentemente de São Caetano, onde os postos de combustíveis continuam funcionando normalmente.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo