Zona Azul: Prefeitura de SP libera entorno de unidades de saúde

Por Metro Jornal

A Prefeitura de São Paulo suspendeu a Zona Azul num raio de 300 metros das unidades de saúde, hospitais, ambulatórios, UBS, UPA, AMA, pronto-socorro e estabelecimentos que prestem atendimento de urgência na Capital.

O objetivo é facilitar o deslocamento dos profissionais de saúde  no enfrentamento da pandemia de covid-19.

LEIA TAMBÉM:
'Sinto como se tivesse vidro nos pulmões': a mensagem de alerta de uma paciente com covid -19

Em São Paulo, a CET (Companhia de Engenharia e Tráfego) já suspendeu o rodízio municipal de veículos por tempo indeterminado e liberou a circulação de veículos de carga que abastecem a capital com medicamentos e alimentos.

Continua valendo em SP:
– Restrições de circulação e o rodízio de placas para os demais veículos pesados (caminhões);
– Zona Azul no restante da cidade
– Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF).

– Restrição de circulação de veículos de passeio em faixas e corredores exclusivos de ônibus

Loading...
Revisa el siguiente artículo