Termina o verão mais mortal em 10 anos em SP

Por Metro Jornal

Marcado por chuvas que bateram recordes, o verão que terminou na madrugada desta sexta-feira foi o que provocou mais mortes no estado de São Paulo em dez anos.

Segundo a Defesa Civil, foram 69 óbitos em cidades de 11 regiões do estado. É o maior número desde a temporada 2009 e 2010, com 79.

Só na Baixada Santista, 46 pessoas morreram, a maior parte vítima de deslizamentos de terra no Guarujá. “No estado, em sua maioria, os acumulados de chuva ficaram entre a média e abaixo, porém foram registrados elevados acumulados em locais com grande densidade populacional. Isso pode ser comprovado com os recordes de maior dia mais chuvoso no Guarujá, medido em 3 de março (282mm), e o maior acumulado mensal para fevereiro na capital (483mm)”, afirmou o órgão.


Hoje começou o outono e, segundo o Inmet, essas chuvas fortes devem perder intensidade. As temperaturas começam a abaixar no final do mês que vem e o tempo fica seco.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo