Golpe: ambulantes vendem álcool líquido com gel de cabelo nos trens

Por Rádio Bandeirantes

Ambulantes estão misturando álcool líquido com gel de cabelo e vendendo nos trens de São Paulo.

Os frascos são transparentes, de 100 gramas, sem qualquer identificação e com o líquido espesso, diferente do original.

A Rádio Bandeirantes flagrou dezenas de vendedores, em várias linhas da CPTM, com centenas de potes na bolsa, cada um a 5 reais.

Um deles, na linha 11-coral, disse que está vendendo muito e que, pela alta procura, vai aumentar o valor na semana que vem para 10 reais.

Mesmo sem rótulo, o ambulante afirma ser um produto original.

Na terça-feira, guardas da CPTM apreenderam 83 frascos na estação Julio Prestes, da linha 8-diamante, além de álcool líquido e gel de cabelo.

O diretor-executivo do Procon, Fernando Capez, alerta para não comprar o produto caso não tenha o selo da Anvisa.

Vender álcool em gel sem o selo da Anvisa é considerado crime e a pena varia de 4 a 8 anos de prisão.

Loading...
Revisa el siguiente artículo