SP recapturou 658 dos quase 1,4 mil presos que fugiram no interior

Por Metro Jornal com BandNews FM

Chega a 658 o número de presos recapturados depois de motins em quatro presídios paulistas na segunda-feira (16). No total, 1.375 homens fugiram dos Centros de Progressão Penitenciária de Mongaguá, Tremembé e Porto Feliz, todos no interior de São Paulo. Na cadeia de Mirandópolis, não houve fugas – local registrou motim.

Veja também:
Coronavírus: Idosos poderão solicitar bilhete único por e-mail
Bombeiros localizam última vítima desaparecida em Guarujá

Houve motim depois da suspensão da saída temporária dos detentos do regime semiaberto por causa da pandemia de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. "Todas as unidades abrigam apenas presos em regime semiaberto, que é o preso que tem a possibilidade de sair para trabalhar ou estudar durante o dia e retornar, e que por lei tem direito a cinco saídas temporárias por ano", diz a nota.

Confira dados da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) sobre a recaptura de presos em São Paulo – atualizado às 11h desta quarta-feira (18):

Total: 658 dos 1.375 fugitivos foram recapturados

Mongaguá: 219 dos 563 fugitivos foram recapturados
• Tremembé: 116 dos 218 fugitivos foram recapturados
• Porto Feliz: 323 dos 594 fugitivos foram recapturados

Loading...
Revisa el siguiente artículo