Escolas particulares devem seguir restrições da rede pública

Por Metro Jornal São Paulo

As escolas públicas do estado e município de São Paulo já estão com a suspensão gradual das aulas, e as particulares foram orientadas pela Sieeesp (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino) a seguir a mesma medida para diminuir a transmissão do coronavírus. A partir de segunda-feira, a suspensão será completa e por tempo indeterminado.

Esta semana, as escolas receberão alunos e responsáveis que quiserem orientações e recomendações, e as faltas dos estudantes que não forem serão abonadas. São consideradas atividades pedagógicas a distância durante o período de restrição.

Quanto às merendas da rede pública, a Secretaria Municipal de Educação cuida de medidas para ajudar as famílias, que podem receber uma cesta básica ou um valor em dinheiro.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo