Coronavírus: as dúvidas cotidianas para evitar o contágio da doença

Por Metro Jornal

No dia a dia, dúvidas são levantadas quando as pessoas se deparam com situações comuns, como se há risco de contaminação de coronavírus nos carros por aplicativo, em restaurantes self-service e até como deve ser a limpeza de equipamentos no trabalho como computadores e telefones.

O Metro Jornal consultou dois infectologistas que tiraram essas e outras dúvidas:

Quando é necessário usar álcool gel? Ele é realmente eficiente contra o vírus?
A higienização das mãos com álcool gel (ou com água e sabão) é realmente eficiente e deve ser realizada frequentemente, especialmente após contato direto com pessoas, antes de se alimentar e após tossir ou espirrar.

Se eu estou fora de casa e não tenho onde lavar a mão, é suficiente higienizá-la com o álcool gel?
Sim, higienização das mãos com álcool gel por pelo menos 20 segundos, deixando-se secar após, é suficiente. Contanto, se houver sujidade visível nas mãos, daí são necessários água e sabão.

É eficiente andar de luvas para evitar a contaminação das mãos?
Não, esta medida não é recomendada pois não é eficiente.

Na minha casa, preciso colocar toalhas de rosto diferentes para cada pessoa? Qual a frequência recomendada de troca dessas toalhas?
Não há nenhuma recomendação expressa para trocar toalhas de rosto para cada pessoa se elas estão saudáveis, mas toda vez que puder usar descartáveis é melhor do que usar o que vai ser lavado. De acordo com a rotina de casa, quanto mais trocar e mais lavar, melhor.

Quanto tempo o vírus fica vivo em uma superfície como o balaústre de ônibus e trens?
Estudos com coronavírus que causaram epidemias no passado demonstram que ele pode persistir em superfícies inanimadas por até 9 dias, mas isto não significa obrigatoriamente que a quantidade de vírus nestas superfícies será suficiente para ser transmitido e causar infecção em quem tocá-las. Contudo, é importante ressaltar que a principal via de transmissão é diretamente entre pessoas.

O vírus fica vivo em bancos de carros, no caso de eu tomar táxi ou Uber? Se sim, por quanto tempo?
Mesmas recomendações da pergunta anterior.

Doentes crônicos, idosos e imunodeprimidos devem circular de máscaras caso tomem transporte público mesmo sem sintomas?
Não há nenhuma recomendação até o momento a quem não está doente para circular de máscaras. Elas devem usadas por quem está doente e pelos médicos e profissionais de saúde que vão atender essas pessoas.

Se almoço em um restaurante, devo limpar com álcool os talheres e pratos?
Se você tiver o álcool e se sentir à vontade para fazer isso, pode fazer, até porque não sabe como ele foi limpo.

Coronavírus: restrições se espalham, mas (ainda) sem quarentena

Covid-19. Governos estaduais restringem atos públicos, suspendem aulas, mas sem isolamento; casos chegam a 200 confirmados no país

Se for self-service, como devo proceder? O vírus pode estar na comida se alguém conversou quando se servia e gotículas foram espirradas nos alimentos?
Pode haver vírus nos alimentos caso uma pessoa com doença respiratória espirre ou tussa diretamente na comida ao se servir, mas como este vírus não é transmitido por via alimentar, o risco de transmissão de quem se serve em seguida é extremamente pequeno.

Devo preferir comidas quentes a frias?
Não há recomendação de se preferir comidas quentes a frias.

Quando devo procurar um serviço de saúde para atestar se estou com doença mais séria, incluindo a covid-19? Qual serviço procuro em que circunstância?
A recomendação do Ministério da Saúde é que pacientes com sintomas mais graves, como falta de ar, procurem atendimento nos hospitais e aqueles com quadros mais leves, como febre e coriza, busquem os postos de saúde.

Quais os cuidados com computadores, mouse e telefones no trabalho? Como eles devem ser limpos?
A desinfecção de superfícies com produtos contendo álcool a 70% por apenas 1 min já é eficaz para a erradicação do vírus, e só deve ser realizada com frequência maior que a habitual caso sejam manipulados por pessoas com doença pelo novo coronavírus (confirmada ou em investigação).

Maçanetas e interruptores precisam ser limpos com qual frequência em casa? E no trabalho?
Conforme a última pergunta, a limpeza só deve ser realizada com frequência maior que a habitual caso sejam manipulados por pessoas com doença pelo novo coronavírus (confirmada ou em investigação).

E o celular? Como ele dever limpo e com qual frequência?
Devemos limpar objetos e superfícies tocados regularmente usando produtos de limpeza comuns. Embora não exista uma recomendação específica, especialistas sugerem que essa limpeza aconteça pelo menos 2 vezes por dia.

Na feira livre, devo deixar de aceitar a degustação de produtos in natura? Posso comprar frutas partidas e vegetais cortados? Se sim, quais as precauções?
Como este vírus não é transmitido por via alimentar, não há nenhuma recomendação adicional quanto aos alimentos. Assim, em relação a esta nova doença não há necessidade de se recusar degustação de produtos ou não comprar frutas e vegetais partidos, além das práticas habituais de se lavar alimentos antes do consumo.

Como lavar os produtos in natura?
Como este vírus não é transmitido por via alimentar, não há nenhuma recomendação adicional quanto aos alimentos.

Alimentos com casca precisam ser escovados (escova destinada somente para esse uso) para se retirar a sujeira superficial, enxaguando em água corrente potável após. Verduras folhosas devem ser deixadas de molho por 15 minutos utilizando-se produtos à base de cloro próprios para isso.

Produtos industrializados, embalados e enlatados, por exemplo, comprados nos supermercados, precisam ser lavados antes de consumidos – por exemplo, lavar latas de conservas ou leite condensado/creme de leite e refrigerantes / sucos antes de abri-las?

Como este vírus não é transmitido por via alimentar, não há nenhuma recomendação adicional quanto aos alimentos. Porém, é recomendada lavagem de enlatados com água e sabão antes de guardá-los, prevenindo-se outras doenças.

Como é possível evitar o contágio?

De forma geral, os cuidados são os mesmos para evitar outras infecções respiratórias:

MÁSCARA

Quem deve usar:
Pessoas com suspeita de covid-19 e quem for ficar a menos de 2 metros de um paciente infectado pelo vírus.
Evita contágio?
Evita que gotículas de secreção suspensas no ar sejam aspiradas diretamente.

HIGIENIZAR AS MÃOS

Antes de levar a mão ao rosto; após sair de aglomerações de pessoas. Lavar com muito sabão e ao menos por 30 segundos, limpando entre os dedos, as palmas e as costas das mãos.

Álcool em gel? Não funciona se as mãos estiverem manchadas ou oleosas.

Hospital, só grave

Procurar um hospital só é recomendado em casos de falta de ar. Pacientes com outros sintomas, como febre e coriza, devem se dirigir a postos de saúde.

Loading...
Revisa el siguiente artículo