Apple fecha todas as lojas fora da China para prevenir coronavírus

Por Estadão Conteúdo

A Apple anunciou o fechamento de todas as suas lojas oficiais fora da China até o dia 27 de março como medida de prevenção ao coronavírus.

São aproximadamente 500 lojas ao redor do mundo e, segundo o CEO Tim Cook em nota oficial no site da companhia, seus funcionários continuarão sendo pagos, e trabalhadores poderão exercer remotamente suas funções, caso seja possível.

A gigante da tecnologia também modificou sua conferência anual de desenvolvedores, que aconteceria em San Jose, Califórnia, em junho. O encontro passa a ser totalmente online.

As medidas preventivas da empresa fundada por Steve Jobs já aconteceram anteriormente, em fevereiro na China, quando 42 lojas foram fechadas durante o início do surto do novo coronavírus.

Nesta sexta-feira (13), um porta-voz da empresa disse que as unidades chinesas estão sendo reabertas após o país anunciar queda de novos casos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo