Florianópolis proíbe eventos com mais de 100 pessoas em local fechado

Por Estadão Conteúdo

Prefeito da cidade de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), decidiu proibir eventos públicos com mais de 100 pessoas a partir da próxima segunda-feira, 16, devido aos riscos de contaminação por coronavírus. O anúncio foi feito hoje pelo Facebook.

"Informo a todos que está proibida, a partir de segunda-feira, 16 de março, a realização de eventos na cidade de Florianópolis com mais de 250 pessoas, ao ar livre, e 100 pessoas, em ambientes fechados", escreveu o prefeito na rede social.

LEIA MAIS:
OMS informa que Europa é agora o epicentro da pandemia de coronavírus
Aluno da Poli é segundo diagnosticado com coronavírus na USP

Loureiro justificou que a medida é baseada em resultados internacionais e recomendações nacionais para "diminuir o risco exponencial de contágio" pelo Covid-19.

"Já foi provado no mundo que o distanciamento social, nesse momento em que temos apenas 2 casos confirmados, pode trazer muito mais benefício no combate a proliferação do vírus. Não vamos esperar o pior acontecer para tomar ações com responsabilidade, sem pânico. Ainda estamos em uma situação confortável e, por isso, precisamos tomar as medidas certas com paciência e no tempo certo", declarou o prefeito em outro trecho

Loureiro disse, ainda, que determinou ao Procon Municipal que lacre estabelecimentos flagrados "praticando abuso na venda de materiais que auxiliam o combate ao vírus, como álcool e máscaras.

Em uma versão mais restritiva de recomendações anunciadas nesta sexta-feira para combater o avanço do coronavírus, o Ministério da Saúde pediu que autoridades locais estimulem o cancelamento de eventos com grande aglomerações e também orientou o adiamento de cruzeiros marítimos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo