Com 2 casos confirmados, Mackenzie suspende aulas em São Paulo

Por Metro Jornal

Assim como outras universidades de São Paulo, o Mackenzie resolveu suspender as aulas até 22 de março no colégio e nas unidades Higienópolis, Alphaville, Campinas e Rio de Janeiro.

A universidade teve dois casos confirmados de coronavírus no campus de Higienópolis, no centro da Capital.

Segue comunicado da universidade:

“Em virtude da recente declaração feita pela Organização Mundial de Saúde (OMS), classificando a situação do COVID-19 como “Pandemia”, diante dos riscos reais, o Instituto Presbiteriano Mackenzie resolve suspender pelo período de 13 a 22 de março de 2020 todas as atividades acadêmicas nas seguintes unidades:

 − Universidade Presbiteriana Mackenzie (campi Higienópolis, Alphaville e Campinas – em São Paulo);
− Colégio Presbiteriano Mackenzie (São Paulo e Tamboré);
− Faculdade Presbiteriana Mackenzie (Rio de Janeiro, RJ).

 As unidades em Brasília (DF) já tiveram suas atividades suspensas em virtude do Decreto do Governo do Distrito Federal, de 11 de março de 2020. 

Informamos que, em razão do COVID-19, e desde o seu conhecimento, nossa instituição, pautada pelos princípios éticos e humanos e de respeito à vida, colocou em alerta o Serviço Médico do Instituto Presbiteriano Mackenzie, orientando toda a comunidade (colaboradores, professores e alunos) quanto aos riscos, prevenção e demais cuidados exigidos.

Cabe, por fim, informar que nosso Serviço Médico identificou dois casos, já confirmados, do COVID-19 no campus Higienópolis, tendo sido prontamente tomadas as providências sanitárias, conforme protocolo específico recomendado pelas autoridades públicas de Saúde do País.

José Inácio Ramos
Diretor-presidente do Instituto Presbiteriano Mackenzie”

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo