Três a cada quatro brasileiros querem comércio aberto aos domingos

Por Metro Jornal

Três em cada grupo de quatro brasileiros acham importante abrir as lojas de rua, shoppings e supermercados aos domingos e feriados, sendo que quase metade considera que deveriam ser abertas em horário reduzido, e quase um terço, em horário normal de funcionamento. Os números são de uma pesquisa (quadro abaixo) realizada pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e pelo SPC-Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), em convênio com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

Leia mais:
Três a cada quatro brasileiros querem comércio aberto aos domingos
Casos de Covid-19 sobem para 25 no Brasil; uma paciente está em estado grave

O governo lançou em novembro de 2019 a Medida Provisória 905, que criou o Programa Verde e Amarelo, alterando a legislação trabalhista e permitindo, entre outras propostas, a ampliação da possibilidade do trabalho aos domingos e feriados para todas as categorias profissionais. A MP foi prorrogada e deverá ser votada até o mês que vem.

Apesar de a permissão de trabalho nesses dias já estar prevista em lei específica, o setor de comércio dependia de convenções coletivas e legislação municipal para colocar seus funcionários para trabalhar aos domingos e feriados.

Emprego

Para mais da metade dos entrevistados, se todos os estabelecimentos comerciais funcionassem aos domingos nos mesmos horários em que abrem de segunda a sexta, aumentaria o número de vagas de emprego no mercado, sendo que 43% acreditam que cresceriam as vagas de emprego em shoppings; 42%, em lojas de rua; e 39%, em supermercados.

De acordo com a pesquisa, a maioria dos entrevistados afirmou que aceitaria uma vaga de trabalho que tivesse que sempre trabalhar aos domingos, sendo a folga de descanso durante a semana, enquanto 27% responderam que não aceitariam.

compras comércio Metro
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo