Bombeiros da Capital, Grande São Paulo e Interior são deslocados para Baixada Santista

Por Metro Jornal

Cerca de 140 bombeiros  que atuam em várias cidades do Estado de São Paulo foram deslocados nesta quinta-feira para auxiliar nas ações de resgate, salvamento e identificação de vítimas nas cidades de Guarujá, Santos e São Vicente, atingidas por fortes chuvas nos últimos dias.

Até esta quinta-feira, 28 pessoas morreram e 42 continuam desaparecidas após deslizamentos  nos morros Morro do Fontana (Santos), no Parque Prainha (São Vicente) e nos morros do Macaco, Engenho e Barreira João Guarda (Guarujá). As ações na Vila Valença (São Vicente) e morros da Penha e do Tetéu, em Santos, foram concluídas.

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) reconheceu de forma sumária, quando o desastre é público e notório e não há necessidade de pedido dos municípios, o estado de calamidade pública no Guarujá e a situação de emergência em Santos e São Vicente por conta das fortes chuvas que atingiram o estado de São Paulo nesta semana. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta (5).

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo