Forte chuva causa deslizamento e mortes na Baixada Santista, incluindo bombeiro que resgatava vítimas

Por Band News FM

A Baixada Santista é uma das regiões mais afetadas pelas chuvas que ocorreram durante a madrugada desta terça-feira (3).

No Guarujá, três pessoas morreram em deslizamentos de terra em duas regiões diferentes. No Morro do Macaco Molhado, houve três mortes: de uma mãe e uma criança que tiveram a casa atingida pela terra e de um bombeiro que trabalhava no resgate das vítimas.

Em entrevista à BandNews FM, o tenente-coronel Hengel Ricardo Pereira, diretor da Defesa Civil de São Paulo, outro bombeiro segue desaparecido.

Na Enseada, também no Guarujá, duas pessoas morreram nas mesmas condições.

Também há mortos em São Vicente – incluindo um casal de idosos – e em Santos – uma mulher de 30 anos, moradora do Morro do Teteu.

Segundo último balanço, o número de mortos chega a dez.

  • Guarujá: 6 mortes
  • Santos: 1 morte
  • São Vicente: 3 mortes

NOTA À IMPRENSA – 8h30
A Defesa Civil do Estado informa que as fortes chuvas que caíram sobre a região da Baixada Santista nesta madrugada provocaram ao menos dez óbitos nas cidades de Guarujá, Santos e São Vicente. Uma pessoa continua desaparecida.
O Coordenador Estadual da Defesa Civil, Coronel Walter Nyakas Junior, está na região para se reunir com prefeitos e avaliar as primeiras necessidades.
Dados do Núcleo de Gerenciamento de Emergência da Defesa Civil do Estado indicam que o acumulado nas últimas 12 horas de chuvas no Guarujá foi de 282 mm, em Santos de 218 mm, em Praia Grande 170 mm, São Vicente 169 mm e Mongaguá 160 mm, Cubatão 132 mm e Itanhaém e Bertioga o acumulado foi de 110 mm.
A previsão para toda a terça-feira é de chuva moderada a forte em todo o litoral São Paulo, isso inclui toda a região da Baixada Santista devido a formação de uma área de baixa pressão no litoral de São Paulo e a circulação dos ventos nos altos níveis da atmosfera.

Previsão de tempo

A previsão ainda é de forte chuva ao longo do dia para o litoral sul de São Paulo.

Segundo a Paula Soares, da Climatempo, entre a noite de ontem e a madrugada de hoje, foram quase 300 milímetros de chuva nas cidades do Guarujá, Santos, São Vicente e Praia Grande.

Loading...
Revisa el siguiente artículo