Efeito coronavírus: Vale a pena investir na Bolsa?

Por Metro Jornal São Paulo

Os temores sobre os impactos do avanço do coronavírus na economia global levaram grande tensão ao mercado na semana passada. Em três dias, a Bolsa teve uma queda acumulada de 8,42%, enquanto o dólar subiu 2%, fechando a R$ 4,481 na última sexta.

Diante desse cenário, uma parte dos especialistas afirma que os investidores devem aguardar. Outros veem oportunidade para aproveitar a queda no preço das ações.

“Para os investidores individuais, a decisão depende totalmente da estratégia e situação financeira de cada um”, afirma Felipe Sotto-Maior, CEO da Vérios Gerenciador de Investimentos.

O especialista avalia que esse é um péssimo momento para a compra especulativa, devido ao elevado grau de incerteza do cenário atual.  “Mas ao mesmo tempo pode ser uma boa oportunidade de compra para os investidores que pretendem manter suas posições no longo prazo. Ou seja, se você já iria comprar de qualquer jeito, os preços de hoje estão mais atrativos”, afirma.

Segundo o professor do Insper Marcelo Godke Veiga, as próximas semanas serão cruciais para avaliar maiores riscos do mercado financeiro. “A queda pode ser uma boa oportunidade de compra, para aguardar uma revalorização. Mas tudo vai depender da resposta dos governos, e também do comportamento do vírus nas próximas semanas.”

Sobre o dólar, Eduardo Akira alerta que a volatilidade é alta, por isso é preciso uma diversificação na carteira para diminuir as chances de perda. “Para aproveitar a alta do dólar, colocamos uma parcela em fundos de investimentos no exterior, que podem ser de renda fixa ou multimercado, e até de renda variável que possuam variação cambial. Outro ativo que podemos buscar para são os fundos cambiais puros, comprados em até 80% de contratos de dólar futuro que vão ter a variação da moeda.”  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo