Cidade chinesa quer banir consumo de carne de cachorro para combater coronavírus

Por Metro Jornal

Uma cidade chinesa propôs nesta semana uma lei que bane o consumo de carne canina. De acordo com informações do Daily Mail, legisladores de Shinzen, com 13 milhões de habitantes, publicaram a proposta no site oficial do município.

Leia mais:
Especialistas publicam cartilha online sobre novo coronavírus
Ministério da Saúde confirma primeiro caso de coronavírus no Brasil

Embora essa seja uma demanda antiga de militantes dos direitos dos animais, o banimento do consumo de carne de cachorro, que tem até um festival anual, a iniciativa parte da epidemia do novo coronavírus, que começou no país asiático.

Além de cães, o projeto de lei barraria a comercialização e consumo de carne de cobra, sapo e tartarugas, entre outros.

Atualmente, a China baniu o comércio e alimentação baseada em animais selvagens, prática que tem sido apontada como responsável pelo surto, que já matou milhares no país.

Shinzen aguarda agora a consulta pública para dar continuidade ao projeto.

Loading...
Revisa el siguiente artículo