Deputados abrem boletim de ocorrência contra Cid Gomes; político segue internado

Por Karla Moura - BandNews FM

Um boletim de ocorrência contra o senador afastado Cid Gomes (PDT-CE) é aberto por uma comitiva formada por três deputados federais. O documento acusa o parlamentar de dano ao patrimônio público e tentativa de homicídio contra os policiais militares de Sobral, no interior do Ceará.

Na quarta-feira (19), Cid Gomes tentou entrar com uma retroescavadeira em um batalhão da PM (Polícia Militar) na cidade. A entrada estava ocupada por manifestantes – grupos encapuzados atacaram os batalhões da PM e furaram pneus de viaturas.

Veja também:
Procon-SP notifica 4 empresas para prevenção de golpes na Internet
Chuva alaga marginal e 23 de Maio e volta nesta quinta-feira

O senador levou dois tiros, segue internado no Hospital do Coração, em Sobral, mas não corre risco de morrer. Segundo o boletim médico mais recente, o parlamentar tem boa evolução clínica, está lúcido e respira sem a ajuda de aparelhos. Ele deixou a UTI e está na enfermaria.

O controle do batalhão foi retomado pela Polícia de Choque ainda na noite de quarta e os manifestantes fugiram. Na terça-feira (18), policiais militares iniciaram um motim para pedir aumento salarial. A movimentação agora em Fortaleza começa a se intensificar e as vias da capital cearense têm movimentação de trânsito normal para o horário.

Loading...
Revisa el siguiente artículo