Mansão de Edemar Cid Ferreira com adega para 5 mil vinhos e duas bibliotecas volta a leilão

Por Rádio Bandeirantes

A mansão do banqueiro Edemar Cid Ferreira vai a leilão pela quinta vez.

O imóvel, projetado pelo arquiteto Rui Ohtake e avaliado em R$ 100 milhões, fica no bairro do Morumbi, em São Paulo, e tem números que impressionam.

Está num terreno de 12 mil metros quadrados e conta com duas piscinas – uma coberta e outra ao ar livre.

A adega pode abrigar 5 mil garrafas de vinho, há duas bibliotecas e a vista panorâmica é considerada uma das mais belas da cidade.

Na última tentativa de venda, o lance mais elevado, de R$ 9 milhões, foi rejeitado por estar abaixo do mínimo pedido.

Quem comprar a casa terá o direito de fazer o que quiser com ela, inclusive derrubá-la para construir outro imóvel.

O lance mínimo – R$ 10 milhões – é quase 10 vezes o valor de avaliação da mansão.

Segundo o juiz da 2ª Vara de Falências, Paulo Furtado de Oliveira Filho, já há uma intenção de compra no valor de R$ 13 milhões.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, ele ressaltou que a venda é o último passo do processo que envolve o antigo Banco Santos.

A instituição financeira faliu em 2005 e deixou um rombo de quase R$ 3 bilhões.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo