Último suspeito no caso de família carbonizada no ABC se entrega à polícia

Por Metro Jornal

Na manhã desta segunda-feira (10), o último suspeito no caso da família encontrada carbonizada dentro de um carro em São Bernardo do Campo, ABC paulista, se entregou à polícia na Praia Grande. Jonathan Fagundes Ramos, de 23 anos, teve seu mandado de prisão temporária expedido na quinta (6) e estava foragido.

Ele se apresentou por volta das 7h20, segundo o site G1. "Jonathan alegou que 'não aguentava mais viver fugindo da polícia' e decidiu se entregar", comentou o delegado Alexandre Comin.

Veja também:
Filha de família carbonizada em São Bernardo confessa roubo ao lado da namorada
Polícia investiga sexto suspeito de assassinato de família em São Bernardo

O jovem é irmão de Juliano de Oliveira Ramos Júnior, que foi preso na última terça-feira (4). Ambos são primos de Carina Ramos, namorada de Ana Flávia Menezes Gonçalves – que é filha e irmã das vítimas.

Na quinta (6), as duas confessaram ter planejado o roubo à casa da família, mas negaram participação nas mortes. Elas prestaram cinco horas de depoimento no DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais) de São Bernardo.

Ana Flávia e Carina são suspeitas de encomendarem o assassinato do casal Romuyuki Veras Gonçalves e Flaviana de Meneses Gonçalves e do adolescente Juan Victor Gonçalves.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo