Incentivo: Grécia paga 2 mil euros a pais de bebês nascidos em 2020

Por Metro Jornal São Paulo

O governo grego aprovou uma lei que concede um abono de € 2.000 (cerca de R$ 9.400) por criança nascida no país a partir de 1º de janeiro de 2020. A medida surge como resposta às projeções de envelhecimento e redução da população.

O governo pretende dar apoio aos futuros pais durante os primeiros anos de vida do filho. O benefício vai ser pago em duas parcelas anuais e está disponível para qualquer família cujos rendimentos anuais não excedam os € 40 mil (cerca de R$ 188 mil, ou R$ 15,5 mil por mês).

A nova medida indica encolhimento de um terço da população grega nos próximos 30 anos. As estatísticas mostram uma redução muito acentuada da taxa de natalidade, de acordo com o jornal britânico The Guardian. Entre 2010 e 2015, quando a taxa de desemprego atingiu os 28%, cerca de 500 mil pessoas deixaram o país para procurar emprego em outros lugares.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo