Petra Costa mente? Checamos as informações compartilhadas pela cineasta

Por Nathalia Marques

Matéria atualizada em 4 de fevereiro às 11h44. 

Petra Costa, cineasta brasileira que produziu “Democracia em Vertigem”, documentário indicado ao Oscar, realizou uma entrevista ao programa Amanpour & Co, da rede norte-americana, e virou trending topic no Twitter com a #petracostalie (Petra Costa mente).

Mais de 36 mil usuários, questionaram os dados compartilhados por Petra durante a entrevista. Diante disso, decidimos checar algumas das informações mais polêmicas. Veja o que é fake ou verdade:

  • “O estado do Rio tem mais pessoas mortas pela política que os EUA” (VERDADE)

A informação é verdade. Os policiais do estado do Rio de Janeiro mataram 1.075 pessoas de janeiro a julho de 2019. Nos Estados Unidos, os policiais mataram 970 pessoas no ano de 2019. É o que indica o levantamento realizado pelo Washington Post.

  • Bolsonaro incentiva a queimar a floresta Amazônica (VERDADE)

A informação é correta. Em declaração em Riad, na Arábia Saudita, durante o painel Future Investment Initiative, Bolsonaro declarou que potencializou as queimadas por discordar das leis ambientais.

“Há poucas semanas, o Brasil foi duramente atacado por um chefe de Estado europeu sobre a questão amazônica. (São) Problemas que acontecem anos após anos (sic), que é da cultura por parte do povo nativo queimar, depois derrubar uma parte de sua propriedade para seu plantio, para a sobrevivência. Mas foi potencializado por mim exatamente porque eu não me identifiquei com políticas anteriores adotadas no tocante à Amazônia”, afirmou o presidente.

Errata:

Como divulgado anteriormente, Petra não afirmou que o estado do Rio de Janeiro cresceu na taxa de homicídio, mas sim que o número de homicídios cometidos por polícias cresceu, o que é verdade.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo