Homem é morto após esfaquear três pessoas em Londres

Por Metro Jornal

Após esfaquear três pessoas em Streatham – movimentado bairro residencial ao sul do rio Tamisa, na região de Londres –, um homem foi morto ontem pela polícia, que descreveu o incidente como relacionado ao terrorismo. Testemunhas disseram que o suspeito – cuja identidade não foi informada – estava armado com um facão. Uma delas relatou que o agressor carregava cilindros de metal no peito.

“Um homem foi baleado por policiais armados em Streatham (sul de Londres). Acredita-se que várias pessoas tenham sido esfaqueadas. As circunstâncias estão sendo avaliadas; o incidente foi declarado como relacionado a terrorismo”, disse a polícia local pelo Twitter, num primeiro momento. Na sequência, a mesma conta informou: “Acreditamos que há duas vítimas feridas. Aguardamos atualizações sobre suas condições”. Depois, o número foi atualizado para três.

Veja também:
Brasileiros em Wuhan pedem auxílio de Bolsonaro para deixar a China
Youtuber dá cartão de crédito sem limite para estranhos

Segundo a agência Reuters, citando o jornal britânico The Guardian, uma das pessoas feridas estaria em condições críticas no hospital. A publicação também afirmou que as investigações apontavam para um ataque feito por um radical islâmico e que o homem morto pela polícia estava usando uma “veste suicida falsa”, feita com objetos que pareciam explosivos.

Não foi o primeiro. No fim de novembro de 2019, duas pessoas morreram esfaqueadas em um ataque terrorista perto da London Bridge. O agressor foi morto pela polícia. A London Bridge foi palco de outro ataque em junho de 2017, quando três militantes jogaram uma caminhonete sobre pedestres e, na sequência, atacaram com facas transeuntes no Borough Market, matando oito pessoas e ferindo outras 50.

Loading...
Revisa el siguiente artículo