São Paulo lança plano de emergência para monitoramento do coronavírus

Por Metro Jornal

O governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (31) um centro de operações de emergência para monitorar a situação do coronavírus. O estado tem três casos suspeitos da doença, sendo dois na capital paulista e um no interior. “Não há motivo de pânico, mas motivos de difusão e de informação correta e precisa à população", disse o governador João Doria (PSDB).

O espaço vai funcionar 24 horas por dia, integrado a funcionários da saúde de todos os 645 municípios. Entre os membros da equipe de atuação no centro estão secretários municipais e membros da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O objetivo é fornecer um plano de resposta rápido para novas suspeitas ou confirmações da doença – nenhum paciente teve o diagnóstico comprovado no Brasil.

Veja também:
China tem mais de 200 mortos em consequência do coronavírus
Medida que aumenta salário mínimo para R$ 1.045 é publicada

Um portal do governo estadual também busca trazer informações para a população sobre o coronavírus. Nele, há informações sobre o que é a doença, como ela é transmitida, quais seus sintomas e o que fazer caso acredite ter contraído a doença. É importante lembrar que os três casos suspeitos de São Paulo estão em observação domiciliar e que as recomendações são, principalmente, para quem esteve na China ou em contato com alguém daquele país.

Outra medida do plano de ação anunciado é a compra de equipamentos de proteção para funcionários da saúde do Estado e de kits de diagnóstico da doença. Veja vídeo de coletiva do governo:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo