Variação de preço de material escolar chega a 1000%

Por Band News FM

Faltando poucos dias para o início do ano letivo em muitas escolas das redes estaduais e municipais do Brasil, a equipe da Band News FM espalhada em várias cidades fez um levantamento dos preços do material escolar.

LEIA MAIS:
Suzane von Richtofen é aprovada em curso de Turismo no Sisu
Confira a cotação do dólar, euro e bitcoin em tempo real nesta quinta, 30 de janeiro

A maior variação encontrada passa de mil por cento no caso do apontador no Distrito Federal, que pode ser encontrado desde R$0,50 até R$6,00.

Em Vitória, enquanto a caixa de lápis de cor mais barata custa R$ 25,90, em outro comércio ela foi encontrada por R$ 55,90, uma diferença de mais de 115%.

Na capital cearense, uma mochila grande semelhante, mas de diferentes marcas, custa a R$ 16,32, no estabelecimento mais barato, e R$ 117,00, no local mais caro.

Detalhe: ambas livrarias estão localizadas na mesma rua, no centro de Fortaleza, a poucos metros uma da outra.

Já em Curitiba, um caderno de brochura de caligrafia pequeno pode custar entre R$ 3,99 e R$ 10,25, uma variação de 157%.

Uma folha de papel cartolina pode ser comprada por R$0,50 ou até R$ 2 reais e 90 centavos, em Belo Horizonte, uma diferença de 480%.

A maior diferença porcentual de preço de material escolar encontrada na cidade de São Paulo foi a do lápis preto sem borracha, que variou 325%.

O mais caro sai por R$1,70 e o mais barato, R$0,40.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo