Prefeitura vai conceder terminais de ônibus à iniciativa privada por 30 anos

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

A Prefeitura de São Paulo publicou nesta quarta-feira (15) o edital para conceder à iniciativa privada 31 terminais urbanos de ônibus da cidade, além das paradas Clínicas e Eldorado, oito estações do Expresso Tiradentes e quatro corredores de ônibus, que nesse caso teriam monitoramento por tecnologia da informação.

A empresa vencedora será responsável pela administração, manutenção, conservação e exploração dos locais. A concessão será dividida em três blocos, tem prazo de 30 anos e a prefeitura prevê ganhos de ao menos R$ 3,37 bilhões de reais – expectativa é alcançar R$ 5,2 bilhões.

Veja também:
Ganhe ingressos para museus de São Paulo com sua selfie
Lei proíbe distribuição de panfletos nas ruas de São Paulo

Segundo a gestão, todos os meses são gastos quase R$ 21 milhões com esses equipamentos. O edital prevê permissão para construções residenciais, comerciais e de serviços nos terminais, de acordo com as normas do plano diretor da cidade e sob permissão de licenças e alvarás.

As propostas serão conhecidas no dia 19 de fevereiro. O processo foi liberado pela Câmara dos Vereadores em votação no fim do ano passado.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo