Marinha reinaugura estação Comandante Ferraz, na Antártica

Por Metro Jornal

ATUALIZAÇÃO:


Oito anos após o incêndio que a destruiu parcialmente, a Estação Antártica Comandante Ferraz, base brasileira de pesquisa no continente gelado, será reinaugurada nesta terça-feira.

As instalações foram montadas na ilha do Rei George, no mesmo local onde funcionava a antiga base, aberta em 1984 – dois anos após o lançamento do Programa Antártico Brasileiro – e que pegou fogo em fevereiro de 2012, matando dois militares.

A nova Comandante Ferraz tem 146 metros de extensão e 4,5 mil metros quadrados de área construída.

Os módulos vieram da China e foram erguidos sobre estruturas distantes até seis metros do chão (para evitar o acúmulo de neve e a perda de calor) e com paredes que suportam ventos de 200 km/h.

Lá, os pesquisadores desenvolverão trabalhos em áreas como oceanografia, meteorologia e biologia, como um estudo sobre o DNA de plantas e fungos antárticos, já em andamento e com possíveis aplicações na medicina e na agricultura.

A inauguração da base contará com a presença do vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), e de ministros.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo