Bancos darão descontos para clientes que fizerem cursos de educação financeira

Por Metro Jornal

Até junho deste ano, o Banco Central e a Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) lançarão uma plataforma de educação financeira para clientes bancários. Quem fizer os cursos oferecidos terá acesso a uma espécie de programa de milhas, que dará descontos em produtos financeiros.

“A ideia é que partir de cursos de educação financeira o cidadão possa acumular pontos que darão um benefício junto ao sistema bancário”, disse diretor de Relacionamento, Cidadania e Supervisão de Conduta do Banco Central, Mauricio Moura.

Veja também:
Conta de luz poderá ser cobrada a cada 3 meses em 2021
Vacina Pentavalente: ministério distribui 1,7 mi de doses

Segundo Moura, cada cliente poderá se cadastrar com o seu CPF na plataforma eletrônica que está sendo desenvolvida pela Febraban. Os cursos serão personalizados. “Será feita uma análise do cidadão e ele será direcionado para cursos adequados para o seu perfil”, explica.

A partir dos cursos, o cliente  acumulará premiações ou pontos dentro da plataforma que serão uma espécie de certificação. Ela poderá ser usada pelos bancos para oferecer condições diferenciadas na contratação de produtos ou na cobrança de tarifas. “Ou como os bancos puderem utilizar da melhor forma possível”, afirma.

Moura disse ainda que os birôs de crédito também estão interessados na plataforma para utilizar os pontos acumulados na nota de crédito do consumidor.

Renegociação de dívidas

O BC anunciou ainda que estão previstos mais dois mutirões de renegociação de dívidas em 2020 em parceria com Febraban. Na primeira edição da campanha, realizada em dezembro,  foram atendidas 820 mil pessoas.

“Estamos na fase de apurar, de extrair as lições aprendidas do primeiro mutirão. Já tivemos um número muito bom, de 820 mil pessoas atendidas, então a gente tem a meta de no próximo superar um milhão de pessoas”, disse Moura.

Loading...
Revisa el siguiente artículo