Duas pessoas morrem em consequência da chuva na Grande São Paulo

Por Metro Jornal

A cidade de São Paulo registrou uma morte em consequência da forte chuva que atingiu a capital e a região metropolitana na quarta-feira (8). A vítima é um homem de 22 anos, que morreu eletrocutado ao tentar se abrigar em um ponto de ônibus no centro.

Segundo a polícia, Kaique Moraes da Silva subiu em uma grade, mas escorregou próximo a um poste de iluminação pública, na avenida Rio Branco. Ele recebeu uma descarga elétrica e morreu na hora.

Veja também:
Buraco no Cebolão causa lentidão na chegada a São Paulo
Estrada concedida pelo governo de SP vai ganhar 16 pedágios

O caso ocorreu por volta das 0h desta quinta (9). O homem era morador de rua e estava acompanhado de outro, que também sentiu o choque, mas conseguiu sair a tempo.

O Corpo de Bombeiros deslocou três equipes ao local. O poste de luz, de acordo com a Enel (fornecedora de energia elétrica da cidade), é de responsabilidade do Ilume (departamento municipal de iluminação).

A Prefeitura de São Paulo diz que aguarda o laudo da perícia sobre a causa da morte. O caso foi registrado como homicídio culposo.

Morte morador de rua chuva centro Poste que gerou a descarga elétrica na vítima, que morreu na hora / Rádio Trânsito FM

Morte na Grande São Paulo

Em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo, uma enxurrada deixou uma mulher morta também durante a chuva de quarta-feira. Um homem também foi levado pela água e está desaparecido.

O corpo da vítima, cuja identidade ainda não foi divulgada, foi localizado depois que a água da chuva escoou, em um córrego, presa a uma estrutura de ferro.

Mais transtornos

Um novo balanço do Corpo de Bombeiros aponta 118 chamados de socorro em enchentes na Grande São Paulo por causa das chuvas de quarta. A corporação também registrou 89 ocorrências de quedas de árvores e 36 de desabamentos.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) constatou oito pontos de alagamento intransitáveis na capital, entre eles a praça da Bandeira e o túnel do Anhangabaú, no centro, o que levou ao bloqueio no trânsito do corredor Norte-Sul no início da noite.

A chuva medida pelo CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) até as 19h, de 24,9 mm, equivale a 9,6% do esperado para o mês. E para hoje a previsão é de mais chuva: segundo o CGE, ela acontece entre a tarde e a noite, com rajadas de vento e raios.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo