Chuvas em São Paulo deixam trens do Metrô e da CPTM alagados

Por Ivan Brandão - BandNews FM

Ouvintes da rádio BandNews FM reclamam de diversos alagamentos dentro de trens e estações do Metrô e da CPTM.

Um deles foi registrado pelo ouvinte José Afonso, que pegou a linha 3-Vermelha, na estação Palmeiras-Barra Funda, às 4h40 da manhã desta quarta-feira (8). Ele relatou que os bancos da composição acumulavam muita água e que esta não é a primeira vez que isso ocorre.

Outro problema foi em um trem da linha 12-Safira. Um ouvinte, que se identificou como Roberto, observou uma verdadeira cachoeira dentro do vagão. Além do chão completamente molhado, ninguém conseguia sentar nas poltronas encharcadas da composição que saiu do Brás, em direção à estação Calmon Viana, por volta das 6h30.

Inaugurada no dia 16 de dezembro, a estação São Mateus, da linha 15-Prata do Monotrilho está novinha em folha, mas a estrutura não se mostrou capaz de resistir à chuva forte. O ouvinte José Christianelli denunciou várias goteiras no teto da estação. Goteiras também foram flagradas na Francisco Morato, da Linha 7-Rubi da CPTM.

Veja também:
Preço de material escolar chega a variar mais de 300% em São Paulo
As 15 profissões emergentes no Brasil em 2020, segundo o LinkedIn

Em nota, o Metrô disse que os funcionários da companhia estão tentando identificar o vagão da linha 3-Vermelha com infiltração para tomar as providências cabíveis. Já a CPTM informou que o problema de infiltração do trem da linha 12-Safira já havia sido identificado e que a composição foi recolhida para manutenção. A companhia pediu desculpas aos passageiros.

Sobre as goteiras da linha 7-Rubi, o caso foi repassado à gerência da CPTM para que seja resolvido. Em relação às goteiras da recém-inaugurada estação São Mateus, da linha 15-Prata, o Metrô disse que já acionou a empresa responsável pela construção e que, ainda nesta quarta-feira (8), o problema será verificado.

Desde o início do ano, vale lembrar, as passagens do metrô e da CPTM estão R$ 0,10 centavos mais caras e a tarifa custa R$ 4,40. Na noite de ontem, houve manifestação com início no viaduto do Chá e fim na avenida Paulista sobre o reajuste. Um pequeno grupo parte do ato causou tumulto e depredação na estação Trianon-Masp, linha 2-Verde. Eles prestaram depoimento e foram liberados.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo