Lei garante merenda especial para alunos da rede estadual com restrições

Por Maju Arruda Leite - Rádio Bandeirantes

Alunos da rede estadual paulista com restrições alimentares terão direito a cardápio diferenciado. É o que determina projeto aprovado na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) e sancionado pelo governador João Doria (PSDB).

Poderão requerer o benefício estudantes com intolerância a lactose ou alergia a ovo, por exemplo. A Secretaria da Educação já providenciava alimentação adaptada em alguns casos, mas agora isso é lei.

O aluno que precisar de cardápio diferenciado terá que apresentar um laudo médico para a escola. Ao todo, mais de 3,5 milhões de alunos recebem merenda escolar na rede pública estadual de São Paulo.

Veja também:
Mercadão tem grande procura para ceia de Natal; local fecha na quarta
Rodízio de veículos está suspenso na cidade de São Paulo

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo