Radares móveis voltam às rodovias federais, mas sem aplicar multas

Por Rádio Bandeirantes

Jair Bolsonaro diz que vai obedecer a determinação da Justiça de recolocar radares móveis nas rodovias federais, mas sem a aplicação de multas. A ordem para a Polícia Rodoviária Federal, segundo o presidente, é fazer apenas uma “fotografia educativa”.

Na transmissão semanal pela internet, na noite desta quinta-feira (19), Bolsonaro criticou a decisão judicial contra a retirada.

Veja também:
STF suspende fim do DPVAT determinado por Bolsonaro
Secretaria nega que fotos sejam de presos em rinha de cães em Mairiporã

“Uma juíza substituta de Brasília resolveu nos obrigar a voltar a botar os radares móveis nas rodovias. Tá elaborando recurso. Se for possível, voltam as fotografias educativas. Não vai ter grana. O policial rodoviário para o motorista, conversa com o cara e segue o destino”, afirmou.

A Justiça deu prazo até segunda-feira (23) para a recolocação dos radares móveis nas estradas federais.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo