Conselho argumenta contra aumento da passagem de ônibus em São Paulo

Secretaria apresentou estudos que propõem reajuste no preço de R$ 4,30 para R$ 4,40

Por Metro Jornal

Onze conselheiros que integram o CMTT (Conselho Municipal de Transporte e Trânsito) assinaram uma carta para a Prefeitura de São Paulo com argumentos contrários ao aumento do preço da tarifa do transporte público. Na quinta (19), a SMT (Secretaria Municipal de Transportes) apresentou estudos que justificariam o reajuste da passagem do ônibus de R$ 4,30 para R$ 4,40.

O texto é endereçado ao prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB), ao secretário de Governo, Mauro Ricardo, e ao secretário de Transportes, Edson Caran. O último participou do debate do conselho na quinta, passando o posicionamento da pasta, que justificou a alta no preço pela previsão de aumento dos custos do transporte público da cidade.

O CMTT, porém, defende que a prefeitura deveria assumir o aumento – que equivale a R$ 127 milhões – já que terá um orçamento maior na área no ano que vem. Isso acontece porque, com o fim da licitação do serviço na capital, é prevista uma redução de quase R$ 1 bilhão no subsídio municipal.

Veja também:
Estação Eucaliptos, da linha 5-Lilás do Metrô, recebe feira de adoção de cães
MEC muda regras do Fies e pode cortar metade das vagas em 2021

Os conselheiros apontam também que o impacto social da tarifa não foi mensurado e que o município falha em outras ações de redução do custo e eficiência do sistema, como implantação de mais corredores e faixas exclusivas para ônibus.

Com os dez centavos, o aumento proposto é de 2,33%, abaixo da inflação acumulada entre janeiro e novembro deste ano, de 3,1%. A decisão sobre o reajuste é do prefeito Bruno Covas (PSDB), que teria que analisar também o aumento da tarifa integrada entre ônibus e metrô, atualmente de R$ 7,48.

Já o reajuste da tarifa do sistema metroviário da capital – como as linhas do metrô e da CPTM – são de responsabilidade do governo estadual. É comum, porém, que a gestão siga o aumento do município para manter as duas tarifas iguais.

Loading...
Revisa el siguiente artículo