Termina nesta quinta-feira prazo para biometria em 319 municípios paulistas

Por Agência Brasil

Termina nesta quinta-feira (19) o prazo para que eleitores de 319 municípios paulistas efetuem o cadastramento biométrico, que consiste em deixar registrada a impressão digital no sistema da Justiça Eleitoral. O procedimento, que também contempla a coleta de fotografia e assinatura digitalizada, é obrigatório para essas localidades. Por isso, quem perder o prazo pode ter o título de eleitor cancelado.

Quando está em situação irregular, o eleitor fica impedido de votar, e enquanto não resolver a pendência também são impostas restrições, como a impossibilidade de obter empréstimos em bancos oficiais, a de tomar posse ou se inscrever em concursos públicos e a de emitir passaporte.

Para realizar a biometria, o eleitor deve se dirigir a um cartório eleitoral ou a unidades do Poupatempo autorizadas a prestar serviços eleitorais. Em ambos os casos, é necessário agendamento, que é feito pelos sites da rede Poupatempo e do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP).

O eleitor deve apresentar documento oficial de identificação, comprovante de residência recente e título eleitoral, se tiver. Em caso de dúvidas, pode consultar uma seção da página do TRE-SP, que reúne informações sobre o processo biométrico, ou entrar em contato com a Central de Atendimento ao Eleitor, discando o número 148. O telefonema tem o custo de uma ligação local.

O TRE-SP estipulou como meta para 2019 cadastrar a biometria de 7 milhões de pessoas. O procedimento passou a ser obrigatório desde fevereiro em 479 municípios do estado. A biometria já valerá a partir das eleições municipais de 2020.

O objetivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é de concluir a operação de biometria em todo o país até 2022.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo