Austrália enfrenta dia mais quente de sua história

Por Ansa

A Austrália teve nesta terça-feira (17) o dia mais quente desde que o escritório de meteorologia do país (Bom) começou a registrar as estatísticas, com a temperatura atingindo 40,9 ºC, informaram as autoridades nesta quarta-feira (18).

O recorde anterior havia sido registrado no dia 7 de janeiro de 2013, quando o país enfrentou uma temperatura máxima de 40,3°C.

A alta no termômetro acontece em um momento que a Austrália luta contra uma seca severa e uma série de incêndios florestais. As autoridades acreditam que o recorde será atingido novamente e a onda de calor avançará no centro do país em direção ao leste, onde o fogo está mais intenso e já devastou territórios e residências. Os incêndios provocaram indignação nos cidadãos, que criticaram duramente o primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, por sua resposta aos desastres naturais e às políticas climáticas de seu governo.

De acordo com os meteorologistas australianos, nove dos 10 anos mais quentes tidos no país até agora ocorreram após 2005.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo