Eduardo Bolsonaro é reconduzido à liderança do PSL na Câmara

Por Agência Brasil

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) retornou na segunda-feira (16) à liderança da bancada do PSL na Câmara dos Deputados. O retorno à liderança ocorreu após suspensão, pela Justiça, da decisão da Executiva Nacional do partido que suspendeu 14 deputados, entre eles Eduardo Bolsonaro.

O afastamento dos deputados ocorreu na semana passada, após a Mesa Diretora da Câmara ter recebido a decisão da Executiva Nacional do PSL. O partido puniu os deputados com diferentes penas de suspensão que variam de três a 12 meses. A sanção também previa o afastamento do exercício de funções de liderança ou vice-liderança, bem como o impedimento de orientar a bancada em nome do partido.

Veja também:
Prefeitura do Rio de Janeiro suspende pagamentos e movimentações financeiras
Itália descobre novo esquema ilegal de cidadania para brasileiros

Com o afastamento de Eduardo Bolsonaro, a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) assumiu o cargo de líder da bancada na última terça-feira (10). No dia seguinte, uma decisão da Justiça suspendeu a punição aplicada pelo partido.

A divisão do PSL se intensificou no início de outubro quando o presidente Jair Bolsonaro questionou a transparência das contas do partido, dividindo a legenda em dois grupos: os leais a Luciano Bivar, presidente do PSL; e os favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro. Ainda em outubro, o grupo leal ao presidente conseguiu fazer a troca na liderança do partido, tirando o Delegado Waldir e colocando Eduardo Bolsonaro.

Loading...
Revisa el siguiente artículo