Greta Thunberg é eleita Pessoa do Ano pela revista Time

Por Ansa

A revista norte-americana Time elegeu a ativista sueca Greta Thunberg, um dos principais nomes da luta contra as mudanças climáticas, como Pessoa do Ano de 2019. A informação foi revelada nesta quarta-feira (11), em capa com a manchete "O poder da juventude".

A adolescente de 16 anos ganhou a capa da publicação que, todo mês de dezembro desde 1927, presta uma homenagem à pessoa que marcou os 11 meses anteriores. Thunberg é líder de um movimento global de estudantes contra as mudanças climáticas e causou incômodo em líderes políticos ao cobrá-los na ONU pela falta de ações para combater o aquecimento global.

Veja também:
Google divulga lista de principais buscas de 2019 no Brasil
Ouvidoria da polícia aponta 15 mortes em oito pancadões em São Paulo

Ela ganhou destaque internacional depois de iniciar protestos semanais do lado de fora do Parlamento da Suécia e inspirar milhões de jovens a lutarem pelo clima às sextas-feiras na campanha "Fridays For Future". Sua iniciativa rendeu uma campanha pelo Prêmio Nobel da Paz em 2019, mas também foi alvo de críticas por líderes como o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que a chamou de "histérica", e o líder brasileiro, Jair Bolsonaro, que batizou Greta de "pirralha".

"Vocês roubaram os meus sonhos e a minha infância. Estamos no início de uma extinção em massa, e a única coisa que vocês falam é sobre dinheiro e o conto de fadas de crescimento econômico eterno. Como se atrevem?", afirmou Greta em um de seus discursos mais duros na ONU, em setembro. A sueca já fez pronunciamentos em diversos eventos internacionais como o Fórum Econômico Mundial e a Conferência pelo Clima da ONU.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo