Imposto de Renda 2019: Aberta consulta ao último lote da restituição

Por Metro Jornal

O contribuinte com direito à restituição do Imposto de Renda que ainda não recebeu a sua deste ano pode a partir desta segunda-feira (9) consultar se ela veio neste sétimo e último lote do ano, cujo valor corrigido pela taxa Selic será depositado no dia 16 – segunda-feira da semana que vem.

Serão depositados R$ 700 milhões para 320,6 mil contribuintes. Desse total, R$ 172,9 milhões são preferenciais: 3.300 idosos acima de 80 anos, 21,4 mil com idade entre 60 e 79 anos, 3.200 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 9.800 cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Veja também:
Fuvest divulga aprovados para segunda fase nesta segunda; veja como consultar
Doria recebe parentes de vítimas em Paraisópolis nesta segunda

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet (receita.economia.gov.br) ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e à situação cadastral no CPF. Com ele, será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Caiu na malha-fina?

Como saber se a declaração foi retida pelo Fisco:

• Consulte o extrato
Os contribuintes podem acessar o “extrato” do IR no site da Receita (idg.receita.fazenda.gov.br) no e-CAC (Centro Virtual de Atendimento). É necessário usar o código de acesso ou certificado digital

• Declaração retificadora
Após verificar quais inconsistências foram encontradas pela Receita, o contribuinte pode enviar uma declaração retificadora

• Documento sem erros
Nesse caso, contribuinte deve reunir todos os documentos comprobatórios. A partir daí, pode aguardar intimação ou agendar pela internet, a partir de janeiro, uma data e local para a análise de sua declaração

E se o dinheiro não cair na semana que vem?

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Loading...
Revisa el siguiente artículo