Moradores da zona oeste cobram reabertura do Hospital Sorocabana

Por Ana Paula Rodrigues - Rádio Bandeirantes

Moradores da zona oeste de São Paulo cobram acordo entre prefeitura e Estado para reabertura do Hospital Sorocabana, na Lapa, zona oeste, fechado há 9 anos. Leitos e equipamentos estão abandonados em cinco andares do prédio, cada vez mais deteriorado.

Logo na antiga entrada há sinais bem visíveis de degradação: muros pichados e descascados, telhado quebrado, além de marquises com infiltração e rachaduras. Antes de fechar por causa da falência da associação beneficente responsável pela administração, os atendimentos pelo SUS (Sistema Único de Saúde) chegavam a uma média de 20 mil por mês.

Atualmente, o prédio de sete andares tem apenas 2 abertos – um ocupado por uma AMA (Assistência Médica Ambulatorial) e outro por uma unidade da Rede Hora Certa.

Veja também:
Fuvest divulga aprovados para segunda fase nesta segunda; veja como consultar
Doria recebe parentes de vítimas em Paraisópolis nesta segunda

No final de novembro, uma audiência pública foi realizada na Câmara Municipal para tratar do impasse que impede a reabertura: a posse do terreno. A reportagem da Rádio Bandeirantes também apurou que os andares do antigo Hospital Sorocabana vem sendo usados para gravações de clipes, filmes e séries.

Uma das gravações mais recentes levou dois dias para ser concluída e, em contrapartida, a produtora doou 33 colchões hospitalares. Não houve pagamento em dinheiro.

Em nota, a prefeitura de São Paulo confirma que liberou o Hospital Sorocabana como locação para gravações em troca de melhorias do espaço. De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, os equipamentos fazem parte da massa falida e permanecem no local por determinação da Justiça.

FOTOS: veja situação do prédio do Hospital Sorocabana

Loading...
Revisa el siguiente artículo