Patinetes elétricos da Uber estreiam em Santos; São Paulo está na fila para receber a novidade

Por Metro Jornal

A Uber iniciou seus primeiros movimentos para adentrar o crescente mercado dos patinetes elétricos. Já consolidada no ramo de transporte automotivo por aplicativo, a empresa agora se une aos concorrentes Grow (fusão entre Yellow e Grin) e Lime no oferecimento de aluguel de patinetes.

LEIA MAIS:
Pessoas com deficiência podem tirar Passe Livre pela internet
Prefeitura dará estímulo financeiro para gravação de filmes estrangeiros em São Paulo

A partir desta terça-feira (3), moradores da cidade de Santos poderão utilizar uma ainda reduzida frota de patinetes da Uber. Os veículos de cor preta e vermelha, por ora, operam apenas entre a Ponta da Praia até o Emissário.

A experiência em Santos vai testar a adesão ao serviço, e pode influenciar a expansão ou não dos patinetes da Uber a outras cidades e estados brasileiros.

A cidade caiçara foi escolhida, diz a empresa, por ser "aberta à inovação" e ter "boa infraestrutura cicloviária". A decisão ainda levou em conta dados da população.

Como funciona
O sistema de aluguel de patinetes elétricos funciona no mesmo aplicativo de solicitação de carros. Não é necessário pagar valores adicionais ou baixar outras ferramentas.

O preço para desbloquear o veículo é de RS$ 1,50, e o usuário paga mais R$0,75 a cada minuto com ele.


Confira o passo-a-passo para "alugar" e "devolver" o patinete:

• Com o app da Uber aberto, clique no ícone do patinete no canto inferior do mapa;

• Veja onde estão os patinetes disponíveis, escaneie ou digite o código para desbloquear;

• Se preferir reservar, você tem 15 minutos para caminhar até o patinete e desbloquear;

• Dirija com responsabilidade e segurança, seguindo todas as regras de trânsito;

• Ao final, estacione o patinete sem bloquear a passagem e dentro da área de atuação.


E a capital?
São Paulo ainda vai ter de aguardar mais um pouco para receber a novidade.

Segundo Ruddy Wang, diretor de Novas Modalidades da Uber no Brasil, a Uber já iniciou investimentos "significativos" para iniciar a operação na capital paulista.

Em nota, Wang conta que a empresa apresentou em setembro deste ano a documentação exigida pela regulamentação municipal e solicitou credenciamento do serviço junto à Prefeitura de São Paulo. "Desde então, estamos prontos para iniciar a operação na capital, apenas aguardando uma resposta ao pedido de credenciamento, que ainda ainda não foi apreciado", conclui.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo